eXTReMe Tracker

7 de agosto de 2009

Domingos

Desenrolar de línguas, os corpos se envolvem.

Eu morreria por você e vivo por mim.

Fazemos o que queremos, a música me inspira, me pira.

Milhares de aspirações, voando, voando...

¨Pés no chão¨ é utopia.

Nos formamos no meio líquido, soltos no mundo, fazemos o que queremos.

Obstáculos, barreiras, paredes, limitações.

Tudo invenção.

Fazemos o que queremos.

Meu corpo frio, o seu quente.

Eu desnuda, você vestido.

Nos atraímos.

Nos traímos e já sabíamos.

Não vivo numa bolha, não quero viver nela.

Retórica.

Sou disso.

Quero sentir o apego dos idiotas e ser um pouco também.

Retórica.


BCN Dez 08 ou Jan 09


2 comentários:

  1. ahora hay que ponerle melodia y que Liu la cante... o tu y tu guitarra. Que bonito es el portugués y tu poesía.
    Amo tu blog, fav++ ya!

    ResponderExcluir
  2. por cierto, gracias por ponerme como traductora!! ajaja te quiero!!!

    ResponderExcluir