eXTReMe Tracker

7 de agosto de 2009

Relatos de uma janela sem fim

Esmaltes descascados; panela sobre a mesa, pela janela se vê, mas o que dirão os perfeccionistas?

Importa o que dirão?

Importa o que digo?

E o que sinto e como sou?

Sou como sinto ou sinto como sou?

Os dois talvez, uma mescla aguardando o olhar minucioso e calmo.

Quando chegarás?

Não precisamos terminar isso hoje, amanhã não será tarde, mas quando chegarás?

E quando chegar notarei?Anotarei?

Sentirei e desfazer ¨me-ei¨ em abraçar-te/me?

Sim. E assim espero que seja, o que e como será.

Não quero ser uma formiga, me aborde ou abordarei a ti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário