eXTReMe Tracker

24 de setembro de 2009

Avesso

Pele branca, a minha.

A tua, escura.

Tenho arder pelo colapso das nossas carnes dês programadas, sendo livres.

Você de lá, eu de longe.

E ambos sentimos momentos a fio.

Meus olhos escalam prazeres junto ao teu, e a que horas nossos tatos se rendem e gememos feito cães?

Não importa, haverá explosão.

Fogos entre - corpos, corpos entreabertos fundidos no supra-sumo.

Almas aladas, que toquem os sinos; voamos.

Enquanto os surdos ouvem, os cegos vêem, os amantes se alimentam do calor de seus gritos que de tão intensos, já não bastam as bocas, senão seus corações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário