eXTReMe Tracker

7 de setembro de 2009

Ravalisando (Raval Bar)

Uma cerveja.

¨Una caña*. ¨

¨Un chupito*. ¨

Um bar.

Muitas noites e a vida muda.

Natural meu caro mestre.

Devaneios da madrugada.

Uma criança.

Uma levada pela mão conduzida.

Pernas que anseiam em caminhar

Extravios no caminho, as pernas ainda não são independentes.

Sofro, aprendo, morro, renasço, choro lágrima das entranhas.


*¨Caña¨: Chopp em castellano

* ¨Chupito¨: Chote de destilados em castellano

Nenhum comentário:

Postar um comentário