eXTReMe Tracker

4 de novembro de 2009

Em chamas

Fui tombada...Vinho adentro.
Noite afora, invasões cósmicas nos meus lençóis.
Cheiro cheiro,
cheiro de sonhos no meu travesseiro.
É inútil, inútil, evito divagar, tão bom, tão bom...
Como lhe explicar?
Osmose é a minha esperança, sonhos, esperança.
Braços e abraços, não pude me conter, sorrisos, cheiros e cheiros.
Fui devassada, por um sonho, um tocar que nunca houve, o não saber se haverá, de aproveitar, sonho, chega, chegar.
Martírio,porque viestes?O expulsei pela manha, a melancolia está macumunada com os ventos frios que não pedem licença antes de invadir..
Reparto, parto.
Preciso dividir com você.
Você.
No meu abraço, nos meus sonhos.
Cheiros, cabelos, sorrisos, não me deterei na vontade que me dei, porque até então, ainda durmo.


Santorini, Oía 24/10/09

Nenhum comentário:

Postar um comentário