eXTReMe Tracker

18 de novembro de 2009

Pé na estrada

A mudança cintilava na porta e estou feliz em partir.

Sinto os ares em minha direção e flutuo ao encontro deles.

Ao som de Peter Tosh:

"If it's life that you’re running from, there is no hide..."

Agradeço. Vento em meus cabelos.

Da janela, na sala de estar, minha tele-visão predileta, a janela dos outros.

De lá assisto as dimensões, as luzes, os movimentos, a estática dos outros assistindo a televisão.

Palavras não me convidam a brincar, me obrigam, elas são verdadeiras peraltas instigadoras.

É inverno.

Não sinto frio.

Tenho objetivos e vou riscar cada um deles na medida em que a lista aumenta.

Tenho fome de viver.

Deixei-me sentir tanto frio no inverno que passou, cogitei até fracasso;encaro diferente, agora.

Estaria eu onde estou se houvesse fracassado?

Quem se importa?

Eu não.

Se fracassei, sigo para mais fracassos.

Roda mundo roda gigante, roda moinho e eu sou um pião.


Kavala 16/11/09

Nenhum comentário:

Postar um comentário