eXTReMe Tracker

25 de novembro de 2009

Sonhadora

Meu todo.

O céu, o mar, olhos profundos, me atordoa.

Noite curta, acordei, sem tempo de mais nada, só podia ver a ele, senti-lo.

Do cansaço uma pena, sentia mais hiperatividade de vácuo impedindo meus pulmões de se mexerem em ritmo natural.

O que fazer?

O que eu faço?

Nananinanao.

De nada me basta a questão.

Em hora de sonhar, é hora de sonhar, os pensamentos vez ou outra me atolam e algumas certezas regem bloqueando-os, ¨pra que complicar?¨

¨Silêncio, é madrugada...¨

E todo o meu desejo é te-lo, agora e sempre mais, cada verso e avesso de seu ser...

Tudo está encantado, a vida será lenta e o gosto será real.

Encabulada, permaneço, um pensamento basta, milhares de sorrisos...

¨Sorri pra mim?¨

Sempre, senão, é porque ainda estou MUITO encabulada...

Perigo, bateu faz tempo na porta, eu deixei entrar.

Venci, me joguei, cai.

Adoro cicatrizes.

Te Amo com a minha alma.


Barcelona 25/11/09

Um comentário: