eXTReMe Tracker

31 de dezembro de 2009

A Anfitriã

Não nasci com o dom mas me apetece desenvolve-lo.

O prazer está contido no prazer dos outros, melhor transforma-se, se compartilhado esse sentimento.


Como poesia sem técnica, sem métrica, surro a aplicação delas; minha.

Surro e o aprender é sabido na marra manca, aquém do bravo heroísmo, sem coroas petaladas.

Ale(atoriamente) nego otimismos vagos e posiciono positividades insistentes.


Do contrário sou contraditória e minhas palavras nada sabem; ações tão pouco.

Experimentando o experimental me encanta colocar a alquimia na mesa: Vitaminas, estranhos e agradecer aos céus, não só pelo teto, mas por todos os intentos.


Anfitriã. De nada sei, fazer me corresponde.


26/12/09

Nenhum comentário:

Postar um comentário