eXTReMe Tracker

18 de dezembro de 2009

Hoje:

A primeira noite desde que cheguei na qual não arrumei a cama.

Não me importa como antes, isso é fato.

Valoramos mais quando não temos:

Saúde.

Não me importo como antes, para algo vale que os dias passem:

Mais sabedoria, assim deve ser.

Apelo aos meus pêlos:

- Me protejam!!

E rezo todas as noites a meu modo.

O engraçado é, rezo dormindo e acordo rezando.

É uma pena não poder anotar tais preces. São as mais bonitas . Para o sempre desconhecidas.

Resquícios delas se movem em outras que ocasiono desperta, mas não com o mesmo gosto das que confabulo sonhando.

Fruta de verão: Macia e suculenta, colorida e viva.

Coma devagar, desfrute-a.

Não deixe de ¨trapeziar¨ nos galhos das selvas.

Um dia tudo será história corrompida.

Um dia, é hoje.

Tudo já desabrochou.

As rosas estão por todas as partes.

Um comentário: