eXTReMe Tracker

19 de janeiro de 2010

Esferas de prazer

Sempre que eu ouço os ¨loucos¨ gritando risadas e cantando músicas ali fora quero me unir a eles...


Rebuliço em mim


O saxofone quase ¨trompeteando¨

Lugares aonde há demasiada burocracia me fazem sonhar loucamente.


Na fila de espera

Com uma senha na mão

Me desligo da putaria mercantil que ali ocorre


E vivo um mundo

I N C R Í V E L


Nada se compara...

O tempo passa

O vento colhe e esparrama


Um grãozinho mais...

No prato satisfação

E exageros


¨Em boca aberta entra mosca¨

¨Alguns fritam e comem formigas¨


A flauta

Doce e transversal


Introduzida no meu momento

Toca fino e variante


Aprochego de amante


- A vida sem fim.


É o que parece em alguns dias, nuns mais, noutros menos.


Casa.

É pra onde eu quero ir.

2 comentários:

  1. ..pra fugir dos selvagens escorregões da vida e das singelas incoerências da existência...nada melhor que o aconchego enxuto do nosso lar...

    ResponderExcluir