eXTReMe Tracker

3 de janeiro de 2010

A quém se chama ¨ piegas ¨


O que fazer do tempo com ou pouco tempo..?

O tempo que desdobra

Sobra

Passa rápido divagando

Fatias do espaço

Planos contra feitos

Seios

Mãe d água

Eu sei, eu sei, eu sei

A janela engana cinza

O céu admirado canta

Em coro, cores, cortejando o dia

A manhã do amanhã, hoje

Eu paro e penso

Venço, tento

E se todos estivessem aqui?

Porque estão, vivem em mim

Cada sorriso, sentido

Cada lampejo, trovoada

A chuva molhada é vazio que cabe honesto

Pra onde vai o vento que atravessa o meu momento...

Luzes

Eu preciso (re)nascer

Das gotas um coração

Na medida

Um irmão

Um afago

De colo hormonal

Seu deleite

Estou pura

Um comentário: