eXTReMe Tracker

6 de fevereiro de 2010

Clara

A cultura de dormir

De pessoas perecíveis

Acultura vã...

A cachoeira molha

A corda que é trepadeira

Trapézio que não é fixo

Meus 18 anos tão esperados

Uma foto que foi tirada antes de então do que seria a minha escolha pela liberdade

Hoje, na cozinha, no meio de baratas e limpeza essa foto ressurgiu e entendi que trilho esse caminho

Saindo de mim...


¨Esse quadro é o meu preferido¨


Opa, ¨saindo de mim¨...


Vejo força e transpira uma inteligência calada

Vou pintá-lo no meu estilo

Sem esquecer da paz e segmento que respira o ¨original¨

Só coisa boa e, as crises continuam continuamente para os que estão em órbita

É momento de mudanças...

Não tenha medo, meu bem e ¨Não se afobe não que nada é pra já...¨

Quisera eu estar assim...

Presente a cada segundo de minha existência

Exploro, valoro e identifico tudo isso ao máximo, porque se hoje subi, amanhã vem queda...Pode ser hoje mesmo ainda...Sinto como sentir.

O planeta ¨enruiveceu¨ ficou quente quente e dilatou...

Depois disso, muito muito depois disso, adquiriu um tom salmão até ficar branquinho, cristal.

Paz, é aqui que estou, é mais ainda onde sempre quero estar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário